Como funciona? Quais são as regras?

Seu funcionamento obedece as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), da Bovespa e ao disposto em seu Estatuto Social. Neste sentido, será a corretora, distribuidora ou banco de investimentos que cuidará da manutenção do cadastro de participantes, identificação e recebimento de novas transferências financeiras, assim como da execução das decisões de investimento definidas pelo clube.

Quanto às regras:

  • A carteira de um Clube é composta por, no mínimo, 67% em ações, sendo o restante em renda fixa e derivativos;

  • Nenhum cotista pode ter mais de 40% das cotas;

  • Mínimo de 3 pessoas e máximo de 50. Exceto para funcionários de uma mesma empresa, onde o máximo é de 150 investidores;

  • A Bovespa é quem regula, fiscaliza, autoriza ou cancela o registro e funcionamento de um Clube;

  • A administração de um clube é feito por bancos de investimento, corretoras ou distribuidoras de títulos e valores mobiliários;

  • A gestão deve ser feita por profissional autorizado pela CVM;

  • A Assembleia Geral Ordinária deve ser realizada anualmente (é permitida a realização por meio eletrônico e de forma não presencial);

  • Os Clubes devem aplicar práticas contábeis na mensuração, classificação dos ativos, passivos, despesas, etc.

Atualmente, os Clubes de Investimento são regulados pelos seguintes normativos: Instrução CVM nº 40/1984 e Resoluções 303/2005, 320/2006 e 494/11 do Conselho de Administração da Bolsa de Valores.

Outras Informações importantes:

  • A documentação deverá ser emitida em duas vias originais, assinadas; o termo de constituição deve ser emitido em três vias, originais, assinado por todos os participantes do Clube; já o estatuto deve ser apenas visitado por todos os cotistas, uma vez que o mesmo é assinado pela Guide Investimentos.

  • Quando a documentação for enviada  é necessário que os cotistas que integrarem o Clube de Investimentos façam um aporte inicial.

  • A documentação é enviada para a Bovespa para análise e registro; o processo demora em média 20 dias úteis, caso não haja nenhum erro na documentação; após a efetivação do registro, a corretora encaminha os documentos para a Receita Federal, para abertura de um CNPJ. Esse processo demora, em média, 30 dias.

  • Para que possa funcionar conforme estipula a Instrução nº 494/2011 da CVM, a carteira de ativos do Clube de Investimento deve possuir, no mínimo, 67% do patrimônio líquido aplicado em: ações; bônus de subscrição; debêntures conversíveis em ações, emitidas por companhias abertas; recibos de subscrição; cotas de fundos de índices de ações (ETFs) negociadas em mercado organizado; e certificados de depósitos de ações.

  • O restante do patrimônio do clube poder ser aplicado em outros tipos de valores mobiliários emitidos por companhias de capital aberto, em cotas de fundos de investimento, em títulos públicos federais, entre outros ativos.

  • Acesse aqui as regras detalhadas de clube de Investimento

Facilita Investe

Rua José Galdino da Silva, 10, Interlagos,  - São Paulo, SP 04792-000

contato@facilitainveste.com.br  |   55 11 4502-1048

Ouvidoria Guide 0800 704 0418

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram ícone social
logo facilita final Novo.jpg

A FACILITA (razão social: Facilita Agente Autônomo de Investimento Eireli) é uma empresa de agentes autônomos de investimento devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº 497/11. A Mistral atua no mercado financeiro através da Guide Investimentos S.A., o que pode ser verificado através do site da ANCORD para escritórios credenciados a partir de outubro de 2012 (http://54.209.169.151/Ancord/Forms/CadastroGeral/ConsultaGeral.aspx) ou através do site da própria Guide Investimentos S.A. (https://www.guide.com.br/escritorios-credenciados/). Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente autônomo é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro. O investimento em ações é um investimento de risco e rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente autônomo de investimentos. Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria da Guide Investimentos no telefone nº 0800 704 0418.

© 2017 by FACILITA desenvolvimento.