Como investir no Tesouro Direto

Comprar e vender títulos públicos é muito fácil e simples, basta realizar o cadastro no Tesouro Direto através de algum agente de custódia da CBLC (Câmara Brasileira de Liquidação e Custódia) e efetuar as compras ou vendas. Porém gostaríamos de alertá-lo que o investidor precisa ser cadastrado no programa. Depois disto, as transações devem ser feitas pela própria pessoa física ou por meio de algum banco ou corretora habilitada no Tesouro Direto (Agente de Custódia), com a devida autorização do investidor.

É possível efetuar as compras no Tesouro Direto por três formas:

  • Diretamente no site do Tesouro Direto – Você como investidor deve se cadastrar no Tesouro Direto por meio de um Agente de Custódia da CBLC, que pode ser uma Corretora de Valores, Banco Comercial, Múltiplo ou de Investimento e Distribuidora de Valores. Após o cadastro, de posse de sua senha individual e intransferível, o investidor acessa uma tela específica na área restrita do site e negocia seus títulos públicos;

  • Por meio de um Agente de Custódia. O investidor autoriza o Agente de Custódia (Bancos e Corretoras habilitados) a negociar títulos públicos em seu nome, no site do Tesouro Direto. Essa opção é indicada para quem não tem acesso à Internet ou, por algum motivo, não deseja ou possui alguma dificuldade em comprar pessoalmente;

  • Diretamente no site do Agente de Custódia. Alguns Bancos e Corretoras integraram seus sites ao do Tesouro Direto. Isso significa que você pode negociar seus títulos públicos no site da própria instituição financeira, em tempo real e com os mesmos preços e taxas do site do Tesouro Direto, porém, esta opção é disponível somente em algumas Corretoras e Bancos, divulgados pelo Tesouro Direto.

 

Quais os custos do Tesouro Direto?

Há uma taxa de 0,30% ao ano cobrada sobre o valor dos títulos em custódia, relativa à prestação dos serviços de guarda dos títulos e informação dos saldos e movimentações dos investidores. Esta taxa é cobrada pela CBLC.

Por sua vez, os agentes financeiros que intermediam as operações realizadas pelo Tesouro Direto também cobram taxas de serviços (corretagem) que são livremente pactuadas com os investidores.

No primeiro ano de negociação existe ainda a cobrança de uma taxa adicional no valor de 0,10% sobre o valor dos títulos em custódia, esta cobrança é feita apenas no primeiro ano. 

Negociando é muito simples

Ao acessar a área exclusiva do Tesouro Direto, você deve informar a quantidade ou valor financeiro de cada título que pretende comprar ou vender. Uma vez escolhidos todos os títulos de interesse, o sistema irá conferir os limites por CPF, verificar a disponibilidade dos títulos e solicitar a confirmação.

Após a confirmação da compra do título, o sistema do Tesouro Direto informará a data limite para que os recursos necessários à aquisição estejam disponíveis na conta do Agente de Custódia. O investidor deverá entrar em contato com seu Agente de Custódia (Banco ou Corretora) para saber os dados da conta, onde irá depositar o dinheiro. Caso seja cadastrado nos bancos integrados ao sistema do Tesouro Direto, o processo será o mesmo.

Quando se tratar de uma venda de títulos, a CBLC (Câmara Brasileira de Liquidação e Custódia), após receber do Tesouro Nacional o valor referente aos títulos, debita os títulos da Conta de Custódia e repassa o dinheiro para o Agente de Custódia (Banco ou Corretora), responsável pelo recolhimento dos impostos e o repasse do dinheiro ao investidor.

Para saber mais detalhes dos passos a serem tomados, acesse a página do Tesouro Direto.

Bons negócios.

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram ícone social

Facilita Investe

Rua José Galdino da Silva, 10, Interlagos,  - São Paulo, SP 04792-000

contato@facilitainveste.com.br  |   55 11 4502-1048

Ouvidoria Guide 0800 704 0418

© 2017 by FACILITA desenvolvimento. 

A FACILITA (razão social: Facilita Agente Autônomo de Investimento Eireli) é uma empresa de agentes autônomos de investimento devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº 497/11. A Mistral atua no mercado financeiro através da Guide Investimentos S.A., o que pode ser verificado através do site da ANCORD para escritórios credenciados a partir de outubro de 2012 (http://54.209.169.151/Ancord/Forms/CadastroGeral/ConsultaGeral.aspx) ou através do site da própria Guide Investimentos S.A. (https://www.guide.com.br/escritorios-credenciados/). Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente autônomo é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro. O investimento em ações é um investimento de risco e rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente autônomo de investimentos. Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria da Guide Investimentos no telefone nº 0800 704 0418.

logo facilita final Novo.jpg